Lembra-se dele? Pois é, ele recebeu o auxílio emergencial mesmo sendo empresário

Segundo o site JusBrasil, ele tem cerca de 22 processos em seu nome. Nas redes, ficou conhecido como "Tiririca". Ele é réu com processos de crimes eleitorais, causa com infrações trabalhistas, do INSS, busca com apreensão e outras ações penais.

Adonias Correia de Santana, madeireiro que agrediu com tapa na cara de um pedinte, jovem morador de Sinop/MT, fez um boletim de ocorrência na terça-feira (19) passada, a fim de denunciar que recebeu indevidamente o auxílio emergencial, em Tabaporã.

O B.O. foi registrado como estelionato tiveram acesso, narra o fato que Adonias recebeu uma mensagem via SMS em seu celular, informando que seu “auxílio emergencial estava aprovado”.

Segundo o boletim de ocorrência, o madeireiro relata que achou um tanto estranho o conteúdo da mensagem, “pois não solicitei o auxílio”. Às 9h da manhã, ele foi a uma agência da Caixa Federal em Sinop, a fim de informar que não solicitou o auxílio e gostaria que fosse cancelado.

O funcionário do banco esclareceu que no CPF de Adonias estava constando que o benefício emergencial estava com status de aprovado, e que já recebeu inclusive a primeira parcela. Para cancelar o pedido do benefício, ele deveria entrar em contato pelo 121, no Ministério da Cidadania.

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.